os replicantes

Um pouco da história dos Replicantes

» Novembro 1983, Claudio Heinz, Heron Heinz, Carlos Gerbase e Luciana Tomasi compram uma guitarra Rey, um baixo Rey, um amplificador Giannini, um microfone e do amigo Plinio sua bateria Pinguim. Montaram tudo na garagem da Marques do Pombal e começaram a fazer músicas, ou melhor, punkrock.

» Janeiro 1984, criam sete músicas, entre elas: O Princípio do Nada, O futuro é Vortex, Nicotina e Porque Não. Num belo dia o amigo Wander aparece na garagem com uma guitarra Veronese e tenta tocar com eles. Não conseguem.

» Verão 1984, eles vão prá praia, de férias, e deixaram com Wander uma fita cassete com as músicas gravadas. Wander passa um mês ouvindo e decorando as letras. Quando eles voltam, fazem outro ensaio com Wander no vocal e... as coisas funcionam perfeitamente. Março 1984, fazem o primeiro show no quintal da casa do amigo Daniel, que estava de aniversário.

» Abril 1984, fazem um segundo show na área da casa da família Gerbase, em Canela, na serra gaúcha. 16 maio 1984, fazem o primeiro show oficial, no bar Ocidente, em Porto Alegre. 1984, gravam a música Nicotina num estúdio de jingle, de quatro canais, com a ajuda de Carlos Eduardo Miranda. Levaram a música para a recém criada Rádio Ipanema FM, que a incluiu na programação. Aquilo tudo era um absurdo, mas deu certo.

» Em 1985 eles passam a fazer mais shows, gravam um videoclip de Nicotina, o primeiro da história do rock gaúcho, e resolvem gravar seu primeiro disco: um compacto duplo (vinil) com quatro músicas: Nicotina, Rock Star, O Futuro é Vortex e Surfista Calhorda. O disco é distribuido pelo selo Vortex, dos replicantes, de forma independente o compacto chega em várias cidades brasileiras, e vende duas mil cópias. Na sequência fazem um videoclip para Surfista Calhorda e são convidados a participar da coletânea Rock Garagem, com a música O Princípio do Nada.

» Em 1986 assinam contrato com a gravadora RCA (depois BMG-Ariola), e gravam o LP O Futuro é Vortex, em São Paulo. As músicas Surfista Calhorda e A Verdadeira Corrida Espacial saem na coletânea Rock Grande do Sul, que traz as bandas DeFalla, Garotos da Rua, Engenheiros do Hawaii e TNT. Começa a ser escrita a história do rock gaúcho nos anos 80.

» O segundo disco lançado em 1987, também pela BMG, é Histórias de Sexo & Violência, outro clássico, com Sandina, Astronauta e Festa Punk. Nesta época fazem uma série de shows em São Paulo, tocando ao lado de outras bandas do cenário da época, como o Cólera, 365, Plebe Rude e Garotos Podres. Lançam o primeiro video home da música brasileira em locadoras, a fita Vhs Os Replicantes em Vortex, com videoclips e shows da época.

» 1989, lançam o quarto disco, terceiro pela BMG, o também LP em Vinil, Papel de Mau, com Luciana Tomasi nos teclados e backin vocals. Após dois shows de lançamento, Wander sai da banda. O baterista Carlos Gerbase vai para o front e se torna o vocalista da banda. O amigo e na época produtor da banda, e também baterista dos Cobaias, assume as baquetas dos Replicantes. Uma nova fase começa.

» 1991, com o amigo e saxofonista King Jim gravam o quinto disco, o vinil Andróides Sonham com Guitarras Elétricas, lançado pela Vortex. Seguem fazendo shows e videoclips.

» 1996, lançam o cd Ao Vivo pelo selo Fora da Lei. Lançam o disco, o primeiro em compact disc, num festival no Circo Voador, Rio de Janeiro.

» 2001, lançam o cd A Volta dos Que Não Foram, pela Vortex.

» 2002, Carlos Gerbase sai dos Replicantes. Wander Wildner reassume os vocais, num show no bar Ocidente, em maio, no aniversário de dezoito anos da banda.

» Abril 2003, lançam o cd Go Ahead, em maio vão para a Europa em sua primeira tour internacional, fazem 24 shows em 27 dias. Setembro 2004, lançam o cd OS REPLICANTES EM TESTE, com 12 músicas inéditas.
Janeiro 2006, lançam o DVD GO AHEAD - A PRIMEIRA TOUR NA EUROPA A GENTE NUNCA ESQUEÇE.

» Maio 2006. vão para a Europa na tour OLD SCHOOL VETERANS BRAZILIASTA  Na volta da tour, fazem alguns shows no RS, PR e SP e o Wander decide ficar somente com a sua carreira solo. Entra na banda a vocalista Júlia Barth, que fez seu show de estréia no OX.

Direitos reservados à Os Replicantes © 2018 Design LucianoTondo.com

Siga Os Replicantes


no facebook e no twitter ou no myspace na nossa loja